quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

CDS sem dobrar a Meta


Alegadamente, o restaurante “Meta dos leitões” terá metido a unha no bolso de uns militantes do CDS/PP.

Na irrevogável viagem de regresso ao Algarve, congressistas do partido de Paulo Portas deliciaram-se com a iguaria bairradina, mas queixaram-se de haver sido confrontados com uma factura de 19 almoços para 15 comensais.

Segundo a versão deles, o restaurante achou-se no direito de inflacionar a conta por se tratar de gente de um partido do Governo.

A vitimização dos camaradas de Portas assemelha-se a tiro pela culatra, pois, em três dias, o Facebook (FB) do restaurante ostenta mais de 8 000 aplausos à alegada extorsão.

Diz o povo, com razão, não ser só à beira da estrada que se rouba; nunca como hoje, o adágio popular foi tão pertinente.

Os congressistas sentiram-se injustiçados; o povo, a avaliar pelo FB, indignou-se com a indignação deles. Moral da história: o CDS ficou sem dobrar a Meta.


Sem comentários:

Publicar um comentário