quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Caracol premonitório

Os Transporte Urbanos de Coimbra, que poderão ser fundidos com uma sociedade em estado de coma (a MetroMondego), tiveram, anteontem (21), um inesperado «passageiro», frequentador de um autocarro proveniente de Rocha Nova. Nem mais nem menos do que um caracol, agarrado a musgo resultante de uma crónica infiltração de chuva.

Com fusão no horizonte, pelo sim pelo não, o caracol deita contas à vida. Perante a adesão do presidente da Câmara de Coimbra ao projecto de fusão do secretário de Estado dos Transportes, melhor mesmo é pormos (todos) as antenas de fora!

Sem comentários:

Publicar um comentário