quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Medidas ambientais


A decisão do reitor da Universidade de Coimbra em retirar, a partir de Janeiro, a carne de vaca das ementas das cantinas continua a ter réplicas. 

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Escola verdejante...


Neste início de ano lectivo é um espanto ver o campo de jogos da escola primária do Ingote, em Coimbra, tão verde.

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Quem dá e agora quer tirar...


As dezenas de autocaravanas que, diariamente, estão estacionadas no Parque Verde (e as consequências da sua permanência ali) têm sido muito comentadas

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Nas bocas do mundo


Ao anunciar a eliminação da oferta de carne de vaca nas 14 cantinas da Universidade de Coimbra, o reitor, Amílcar Falcão, colocou a instituição em destaque em Portugal e no mundo.

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Falta de civismo, paga-se


A lei que aprova medidas para recolha e tratamento dos resíduos de tabaco e pune com coimas entre 25 a 250 euros quem atirar beatas para a via pública foi publicada em Diário da República. Desde o início do mês...

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Quem paga a conta?


Um cidadão (Vítor Nunes) captou uma imagem que diz tudo sobre como tem estado o Metro Mondego, que nunca chegou a ver os carris e está prometido como autocarro.

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Na cidade da Saúde...


O Parque Verde do Mondego, em Coimbra, que já foi conhecido como “as Docas” - quando estava pujante de vida -, espera novo sopro de vida. 

quinta-feira, 25 de julho de 2019

Salve-se quem puder



A foto retrata o dia-a-dia do Hospital de Coimbra, o ainda chamado Hospital Novo que depressa se fez velho nas suas limitações.

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Aviões: nem em Coimbra, nem em Vila Real


Apesar de Vila Real estar no trajecto da carreira aérea que liga Bragança a Portimão, e Coimbra não estar nessa situação (até porque não se candidatou a tal), o aeródromo municipal deste concelho transmontano foi, também, encerrado esta semana por falta de condições.

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Bissaya Barreto “ressuscitado”


Quem haveria de dizer que o Prof. Bissaya Barreto, falecido em 1974, voltasse a ser evocado, em Coimbra, pelas obras que deixou. E, ainda mais, por pessoas de Esquerda.