sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Voto de Valido



Frederico Valido (em primeiro plano, na foto), presidente do Núcleo de Veteranos da Briosa, gracejou, no sábado (17), fazendo uso de simbolismos correspondentes aos títulos de duas peças de teatro em que intervém o ex-futebolista Victor Fernandes, “O Brasfemes”.


O de uma, levada à cena em 2004, é “Aqui há fantasmas”; o de outra, em fase de ensaio, é “A barca do inferno”.
Valido estabeleceu analogias entre tais títulos e diferentes fases da vida da Académica/OAF, cujo anterior presidente, José Eduardo Simões, foi eleito pela primeira vez há 12 anos.Aspectos fantasmagóricos à parte, Frederico fez votos para que o mandato da nova Direcção do Organismo Autónomo de Futebol da AAC seja pautado por simbolismo inerente a uma “barca de anjos”.
O almoço natalício deste ano do Núcleo de Veteranos da Briosa contou com a presença do novo timoneiro da Académica/OAF, Paulo Almeida, que esteve acompanhado pelo líder cessante da Direcção-Geral da AAC, José Dias, e pelo sucessor deste, Alexandre Amado.
Reza a História que nunca José Eduardo Simões tomou parte nos almoços natalícios do Núcleo de Veteranos da Académica.
No de 2016 intervieram, ainda, o presidente da Associação dos Antigos Orfeonistas do Orfeon Académico de Coimbra, o juiz conselheiro Santos Cabral, e o timoneiro da AFC - Associação de Futebol, Horácio Antunes.

Sem comentários:

Publicar um comentário